sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

O TREM DE ALEXANDRIA




Outro dia vasculhando na internet coisas sobre o Egito, achei um site antigo que conta a historia dos Trens da Alexandria desde 1860, quando começou.
Esses trens (bondinhos) a gente vê ainda hoje pelas ruas de Alexandria, deixando uma lembrança dos bondinhos do Rio de Janeiro. Um ar bucólico e nostalgico e muito bom.
Quem quizer ver mais fotos e ler a história completa (em inglês) o site é esse!

Entao peguei uma fotos para deixar aqui.













Eu nao poderia deixar de falar da charrete... também visto ainda hoje em Alex



E o famoso taxi amarelo!! Você nao pode ser cardiaco para embarcar em um deles :D



Até mais, maa salama!

Criss Freitas

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

A FLOR DO DESERTO CIRCUNCISADA. A circuncisão feminina e seus traumas para as mulheres



Hoje parei para ver o filme autobiográfico da modelo somali (país Somalia, língua árabe do norte da África) Waris Dirie, "Uma flor do deserto".

O filme me emocionou muito, há cenas que não consegui ver sem chorar.

O que conta o filme:

A história da menina somali que foge da vila onde mora com seus pais, em uma espécie de vida nômade. Pobres e sem perspectiva de vida, a família vende a menina aos doze anos de idade a um homem bem mais velho, onde ela seria sua quarta esposa.
Liya Kebede e Waris Dirie
A menina que não aceita se casar foge da vila para a cidade e encontra sua avó. Sua avó então arruma seu passaporte e manda-a para Londres para encontrar um parente na embaixada. A menina trabalha lá até a Somália entra em guerra e pede a todos que voltem ao páis. Ela não querendo voltar fica em Londres ilegalmente por anos. Até que faz amizade com uma moça que lhe ajuda.



Quando Waris é descoberta por um fotógrafo ela está trabalhando como faxineira em uma lanchonete. Então a história começa.
Mais tarde quando começa a se tornar famosa e precisa viajar pelo mundo, sua agente descobre que seus documentos estão ilegais e então Waris vai presa. E aí começa todo o desenrolar do filme.

Um filme lindo, cheio de sentimentos.


O livro que virou filme
Waris é uma ativista da ONU atualmente contra a circuncisão feminina. Mas a prática ainda permanece por desinteresse das autoridades e por ser um rito cultural.

No filme ela conta como foi o procedimento para a retirada do clitóris, pequenos lábios e lábios externos da vagina e o fechamento da mesma, deixando apenas um oricício do tamanho de uma cabeça de palito.
Ela diz que o procedimento é sem anestesia, sem higienização e muitas morrem.

Em fim um ato de crueldade e de desinformação. Uma crença sem fundamentos, onde mutilam mulheres e as deixam psicologicamente doentes.

Assista ao filme "UMA FLOR DO DESERTO" e veja a reportagem da G1 que fala da médica EGÍPCIA que também teve o mesmo problema.
E ela não é a única a falar abertamente sobre o assunto. A médica egípcia Nawal El Saadawi, também circuncidada, chegou a ser presa em seu Egito natal após falar do tema e fazer campanha contra a prática. Sua história foi contada no livro "A daughter of Isis" ('Filha de Isis'), e em outros em que aborda a questão feminina nos países do Oriente Médio.
Esse procedimento é ainda usado no interior do Egito por famílias mais tradicionais e que geralemente vivem da agricultura e uma vida quase ainda primitiva. O ato não é praticado nas grandes cidade do Egito onde as pessoas já têm uma melhor escolarização e informação.




Video recente sobre a Mutilação Genital Feminina no Egito



clique no link abaixo para ler:

'É impossível descrever a dor', diz modelo sobre circuncisão feminina

Somali Waris Dirie escreveu livro que inspirou filme em cartaz esta semana.Em todo o mundo, até 140 milhões de mulheres sofrem com mutilação.

 

 Ainda não encontrei resposta para a insensatez e a covardia humana, alimentada pela ignorância e tradicionalismos radicais sem fundamentos!

Que Deus tenha pena de nós.

 

 ONG de Waris Dirie - Fundação Flor do Derto
Ong da top e atriz Liya Kebede - The Liya Kebede Foundation.


Titulo Original: Desert Flower
Titulo no Brasil: Flor Do Deserto
Gênero: Drama
País de origem: Reino Unido / Alemanha / Austria
Tempo de duração: 120 minutos
Direção: Sherry Horman
Ano: 2010

Criss Freitas

 

 

 

sábado, 1 de dezembro de 2012

O dia que CHOVEU em Dubai!



Em abril de 2011 eu cheguei em Dubai. Todos já haviam me falado que Dubai era muiiiiito quente, eu não fazia idéia de quanto... até que cheguei no auge do verão, termometros marcando 50 graus!! Eu me sentia dentro de um caldeirão e as vezes isso me desesperava. Quando saía de carro e olhava o horizonte havia uma nuvem amarelada e o asfalto parecia se evaporar. Hoje já me sinto menos mal e quando chega o inverno esqueço isso tudo...

De lá para cá esqueci também o que era escutar o barulho da chuva na janela, a coberta até a orelha e a tijela de pipoca para ver um filmezinho no calor da cama... Triste mas é verdade.

Mas ontem, ontem, foi o dia! De repente as 4 da tarde o céu ficou negro e a cara de que ia chover, choveu. Isso sempre acontece, o céu fica nublado e não chove... E aí vem a decepçao.
Porém ontem a chuva veio forte, elegante como tudo em Dubai... Molhou tudo, alagou estradas e fez o transito engarrafar. Dubai não foi construída para ter chuvas e não existe boeiros suficiente, há lugares que não há boeiros "at all"! Mas foi maravilhoso.
Pegamos o carro saimos loucos para ver o barulho da chuva, parecia que íamos ver a Maddona, mas era só chuva mesmo hahhaa.

abaya preto no estilo local
Então coloquei roupa da gala, abaya preta! Claro, gente, para um espetáculo desses temos que estar a altura!

A sensaçao de ver chuva novamente nunca foi tão boa, eu lembro que em Santa Catarina tivemos várias enchentes arrasadoras e muitos desastres por causa disso, mas aqui, há quase dois anos eu não via água correr... Dubai agora se transformou numa cidade real pra mim, até agora eu sentia que era de plástico, vida de plástico e tudo "fake" (falso), mas agora senti algo bom. Podemos acreditar que aqui existe vida, água é vida!

Num certo ponto passamos por um lugar com muita água e o carro parou... o habibi teve que empurrar para o acostamento e esperar o motor pegar de novo e o meu "glamour" foi por água abaixo... hahhaha demos risadas...

 Depois desse longo discurso algumas fotos raras... hahha, sim, serão raras daqui a pouco... Maravilha!


NA FRENTE DE CASA... TROVOADAS E MUITA AGUA...
NO ESTACIONAMENTO DE CASA...

NA ESTRADA


RUAS ALAGADAS...TRANSITO CONGESTIONADO EM ALGUNS LUGARES...
CÉU NUBLADO... 

SAINDO APRESSADA PARA VER A CHUVA...
  
 O ESTACIONAMENTO AINDA MOLHADO QUANDO VOLTAMOS...

 AGORA UM VIDEOZINHO PARA VER A AGUA CAINDO... COISA BOA!!! :D



MAIS FOTOS DO JORNAL DAIJIWORLD


CRIANÇAS BRINCANDO...VIDA!

TRANSITO DIFICIL




ESSA FOTO É DE 2008 - AQUI TAMBEM TEM ENCHENTE...






A natureza mostrando sua força contra tudo e todos! Deus seja louvado!




maa salama!! Um ótimo final de semana a todos!

Criss Freitas