Translate

Será que é difícil ser muçulmana? E o que devo usar? Sins e nãos para quem pensa em se converter ao islamismo!


Olha galerinha internauta, blogueiros e afins. Ahlan w sahlan! (olá e bem-vindos)

Hoje eu vou falar de uma assunto que muita gente me pergunta, seja por e-mail, por scrap no facebook, ou aqui mesmo no blog. Será que é difícil a vida de uma mulher muçulmana? Será que terei que mudar todos os meus hábitos e meu guarda-roupa?
Vamos lá! 
Vou começar por mim, e terminar também, não sei falar dos outros a não ser de mim no que tange o assunto "islam".

Eu me converti ao islam em maio de 2011, um mês após chegar em Dubai. Isso não aconteceu do nada, num piscar de olhos como todos pensam. Eu já vinha pesquisando e estudando o islam desde que morava no Brasil, para falar mais exatamente desde 2009. Comparando sempre, claro, com tudo o que conhecia do cristianismo, religião que segui a vida toda.
Tive vários momentos de dúvida, de angustia também. Achava que iria queimar no fogo do inferno e tal, porque estaria traindo o meu Deus que tanto amei sempre. Sempre tive uma ligaçao muito grande com Deus, nas minhas angustias e felicidades. Nunca deixei de agradecer e as vezes de questionar quando algo iria muito mal... Mas Deus nunca me deixou só! 
Depois que comecei a estudar o islamismo, comecei a olhar diferente o cristianismo e a comparar os hábitos de um e de outro. 
Exemplo prático disso: No verão, vamos a praia e o que vemos lá? (falando do Brasil agora) - Mulheres e mais mulheres numa ansia louca de ser a mais "gostosa" do pedaço, a mais olhada e cobiçada... é ou não é? Quem nunca pensou em fazer regime antes de começar o verão atira a primeira pedra... rsrsrsrs Tudo bem, não se culpe por isso. Afinal você está vivendo em um mundo orientado pelo consumo, pela vaidade e pela ganância. - Ahhh Cris, você tá filosofando demais hoje!
Sim, estou um pouco, talvez... Mas pense bem. Por que devemos mostrar o corpo e facilitar a vida de muitos homens que estão ali, se fazendo de coitadinhos, só para comer a Chapéuzinho Vermelho?
Por que temos (estou falando no modo geral) que estar sempre bonitas, gostosas, saias curtas aparecendo a calcinha quando sentamos, seios a amostra e consumindo tudo que aparece de novo nas lojas iguais umas malucas? Por que?
Vou dizer o por que!
Por tras disso tudo existe a industrialização, a mídia, a economia e os donos desse sistema de coisas, fazendo você acreditar que se você não se parecer com a Madonna ou com a Britney Spears (nem sei se é assim que se escreve) você não será bem aceita pela "sociedade".
Claro, eles precisam vender, precisam lucrar, precisam comprar também, precisam ter dinheiro (o seu suado $$) para eles poderem desfilar nas grandes rodas sociais e usarem uma calça jeans que custa 5mil dolares e uma bolsa Channel que custa 10 (mil dolares). Isso você não vê na Globo!
 Na verdade o que eles fazem é uma verdadeira lavagem cerebral com as propagandas que vemos a todo momento na TV. Eles fazem você acreditar que você (a consumidora disso tudo) é a normal e a "coitadinha" da muçulmana é uma tapada, oprimida e fora de moda... E por aí vai.

Então, o que aprendi depois que me converti, foi que, eu não preciso me vestir mal, nem fora de moda, nem me parecer brega. Eu posso me vestir bem, sem mostrar nada (facilitando a vida dos "bonitos" e nem preciso gastar o que não tenho para comprar um jeans, que para falar a verdade parei de usar.
O que islam me ensinou é que a modestia está na atitude, nas ações, na forma de ajudar, de vestir e de olhar para os outros.

O que devemos mudar na nossa vida, após a conversão

Primeiramente devemos conhecer a religião, que na verdade é mais uma forma de vida, um estilo. Islam não é uma marca de religião, uma filial ou mais uma que inventaram para ganhar dinheiro.
Islam é um modo de vida, nos ensina a como nos lavar, nos vestir, nos portar, comer, rezar ...

O Alcorão (o livro sagrado dos muçulmanos) é uma fonte verdadeira de regras de conduta na sociedade, na família e na fé. Tudo que você tiver dúvidas você pode procurar lá que a resposta vai ser sempre a mesma, independente do país que você mora e do que em que você está vivendo. O Alcorão nunca foi alterado pelas traduções e nem copiado de uma forma irresponsável. Para que seja feita uma tradução do significado do Alcorão é necessário controle e autorização.

Devemos ter em mente que tudo o que é prejudicial a nossa saúde devemos parar de fazer. Fumar, álcool, comida em excesso, sexo fora do casamento, namoros sem intensão de casar, roupas que mostram nosso corpo, em fim, devemos nos modelar, nos transformar. Claro que não vai ser de um dia para a noite. E que não nos tornaremos santos também, somos humanos e como tal erramos. Mas ao notar o erro devemos nos corrigir imediatamente.

Esse post quero falar sobre roupas islâmicas, porque tem surgido perguntas se é difícil ser muçulmana, principalmente por causa do calor.

Minha resposta: NÃO! não é difícil por causa do calor, aqui faz acima de 45 chegando a 50 graus no verão e todo mundo usa as roupas islâmicas sem problemas.
O que se deve evitar em dias quentes são hijabes de tecidos sintéticos, tecidos grossos e roupas pesadas. O jeans eu parei de usar por causa disso, me fez mal num dia quente e vi que minha circulação estava ruim, então agora uso calças de tecido e largas.

Nada de usar roupas justas no calor, isso deixa você mais sufocada. As abayas são práticas e muito frescas no verão, diferente do que se pensa, elas refrescam porque são soltas e leves. Igualmente a candura para os homens, por isso desde sempre os árabes adotaram esse tipo de roupa e isso não é à-toa.

Quanto ao modo de se vestir:


Não mostrar nada além do rosto, mãos e pés. O uso do véu (hijabe) não é opcional, é obrigatório. Deve ser usado tapando todo o cabelo e orelhas, deixando somente o rosto de fora.
Mas e em dia de calor? Tem gente que fala que por causa do calor, não está usando hijabe... Aí é um problema seu com Deus. Que ele seja perdoador com você!

O hijabe em dia de calor deve ser usado com tecidos finos e leves e não tão apertado a cabeça, pode ser mais soltinho com blusas de gola alta para ajudar a tapar o pescoço. Então sem essa de calor.
O uso do Niqab e burca não é citado no Alcorão, fica por conta sua. Aliás o Alcorão sugere que mostramos nosso rosto para identificaçao, caso contrário isso poderá trazer problemas de segurança a você. Esse assunto é polêmico para aquelas que usam, então não vou cutucar onça com vara curta. "shut up and drive, Cristiane! lol"

Calças: sempre largas que não insinue, ou não tão largas, porém com batas ou camisas longas por cima que tapem toda a parte das nádegas e parte alta da coxa.

Maquiagem: A maquiagem é permitida, sem excessos, como delineador de olhos, batons, sombras, etc. Esmaltes não é aconselhado, já que quando temos que orar precisamos remove-los. Apenas na época da menstruação onde a mulher é liberada de fazer a oraçao.

Henna: O uso de henna também não é permitido em lugar visível, apenas em lugares onde não apareça e não atraia olhares, apenas em casa para seus familiares quando você pode se sentir a vontade. Outro dia eu fiz na mão e não sabia da regra.... e minha sogra falou para o habibi o correto e então não fiz mais...em lugar visivel...heheh só onde ele pode ver :P   - amoooo!

Perfumes: Suaves e que não seja sentido quando você passa. Usar na pele de preferencia para não ficar na roupa e exalar facilmente.
Pode conter alcool, ao contrário do que muitos pensam. Mas sempre suave e sem atrair o sexo oposto.

Cabelos: a seu critério, desde que não apareçam quando você estiver fora de casa. Podem ser curtos, compridos, tingidos...

Depilação: Órgãos genitais devem ser totalmente depilados, detalhe, homens e mulheres, após apresentarem os primeiros indícios de puberdade. Axilas idem e muito desodorante!
Homens devem manter a barba, mas podem trata-la e apara-la para higienização. Cabelos sempre aparados e limpos.

Higienização das partes íntimas: Os casais após ato sexual, tomar banho completo. Após ir ao banheiro e fazer as necessidades (número 1 e 2), lavar com água e se possível com sabonete. Caso contrário, só água. Seque, claro. Tenha sempre toalhas higiênicas no banheiro para isso e na bolsa ao sair. Não use as suas toalhas para banho. Nunca deixar resíduos de semem em lugar algum, roupas de cama, roupas, pele, isso não precisa nem falar, mas sempre tem uns desavisados. E o pano em que você se limpou após o ato levar direto para lavanderia, para não ficar pelo chão ou coisa do tipo... 

Mãos: a direita usada para fazer refeiçao e a esquerda para higienizaçao, sempre nessa mesma ordem.  :D

Dentes: Escovar sempre! Antes das orações é aconselhado sempre.

Esse foi um post resumido, pergunte-me se precisar maiores informaçoes.

Alguns modelinhos que tenho usado aqui, apesar do calor, depois que parei de usar as roupas justas e calças jeans não tenho passado mal, graças a Deus. Roupas largas até ajuda no conforto.

calça larga de liganet com bata de algodão, hijabe pashimina pink

saia de algodão com blusa de algodão lilas e casaquinho por cima, hijabe de pashimina indiana

veja o hijabe soltinho com a presilha de flor bem grande por baixo para dar volume

vestido de viscose e casaquinho de malha por cima, hijabe de algodão

essa saia é modelo turco com elástico embaixo e bolsos externos, a jaqueta jeans por cima

parca e calça de elanca, hijabe de algodão

saia tipo cigana de algodão e a blusinha de malha e o hijabe por cima (pashimina)

calça de esporte com a blusinha maga longa por baixo e a curta por cima... esportivo

aqui macaquinho de elanca e o vestido de elanca por cima...pode usar como bikini ou esporte.

calça de elanca e um sobretudo de malha

calça estilo bombacha com elastico embaixo de linho e o casaquinho de malha


aqui eu ainda usava jeans com a bata por cima e usei dois hijabes (preto e rosa envelhecido) e uma ribana por baixo para fazer sobreposiçao

o vestido estilo pakistanes até o joelho com calça de tecido, hijabe com fio egipcio com brilho

aqui um casaco longo com cinto e a calça preta não tão larga, hijabe xadrez para o frio de pashimina

hijabe com volume: usar a flor bem grande por baixo e deixar o tecido não tão composto, criando um estilo mais desarrumado... volume e conforto, nada preso
calça larga e de tecido mole com elastico embaixo e a jaqueta de material sintetico para o frio, hijabe tecido egipcio com xadrez grande
Aqui um video (em ingles) de como fazer o hijabe com volume, nao precisa entender ingles, apenas veja o video.

E a flor que usa por baixo é essa, ela deve ser bem grande para o volume e com uma presilha em piranha para prender, nao tentei com elastico ainda.



Espero que tenha tirado algumas das dúvidas, e se alguém quiser perguntar algo, fique a vontade.

maa salama, Cris Freitas


Feliz Ano Novo - kol sana wento taybeen 2013

Burj al Arab
*kol sana wento taybeen = literalmente siginifica: todo ano vocês estejam bem (é o que os egípcios desejam às pessoas nas festas de aniversário, ano novo, etc)
Adeus ano velho, Feliz ano novo
Que tudo se realize
No ano que vai nascer
Muito dinheiro no bolso 
Saúde pra dar e venderrrr :D


Quem não lembra dessa musiquinha, né? Opsss Talvez os mais novos não... hahahha - Ano Novo sinal de ficarmos mais velhos também...
Eu mostrando uma mega árvore de Natal no Festival City
Mas isso não vem ao caso. O importante é a idade da sua cabeça!

Vim aqui para atualizar como foi o Natal e o Primeiro do Ano em Dubai.
Como sabem o país é muçulmano, então, a celebração de Natal e Ano Novo não deveria existir, mas como Dubai se transformou numa metrópole do turismo, você vai ver árvores de Natal por todo lado e na virada do ano, muitos fogos de artifício queimando. Tudo para atrair mais olhares para o oriente. Então, Que venham os turistas e tragam bastante dinheiro para gastar. :D

Atlantis - um dos pontos badalados
Na verdade, eu não celebro Natal já faz alguns anos, desde que descobri que papai-noel e coelhinho da páscoa são invenções pagãs... Isso é uma longa história.

No Natal o aeroporto não pára, muito menos no Ano Novo, então, passei trabalhando. 

Burj Khalifa e fogos de artificio
Tirando os pontos turísticos mais visados de Dubai, nos bairros mais sossegados não vimos luzes pisca-piscas e nem fogos estourando nossos ouvidos, isso eu gosto muito. Se não olharmos ao longe para ver o Burj Khalifa todo iluminado pelos fogos, nem notamos que estamos virando de ano.

Aqui só vemos celebração de Natal em pouquíssimos lugares, vemos árvores de Natal nos shopping centers devido a maioria deles serem administrados por pessoas de países cristãos.

Mas deixando isso tudo de lado, o que eu gosto mesmo é de no meu dia folga e do habibi, pegarmos o carro e sairmos e decidirmos o destino ali, na estrada mesmo.

Então dia 28 de dezembro fomos parar em Sharjah, uma cidade vizinha de Dubai, bem populacionada e que a maioria das pessoas veem a Dubai para trabalhar e voltam todos os dias.

Sharjah tem o ar mais de cidade normal, lá podemos ver pessoas pelas calçadas andando e fazendo seus pique-niques nos parques. Eu amei tudo isso.

Também tem o centro de tradicionalismo (heritage em inglês) onde podemos ver a cultura árabe como ela é. Eu gosto muito disso, de todos os detalhes e entalhes. Cada pedacinho.

Quando entramos num centro desses, que imita uma vila árabe antiga, parece que entramos num tunel do tempo, onde começamos a imaginar quem andava ali, como era a vida dessas pessoas, os cheiros, as comidas, tudo...

Tiramos algumas fotinhos para dividir com vocês do ocidente, para terem uma idéis de como é tudo isso aqui.

VISTA DA CIDADE DE SHARJAH





Eu no parque do centro

pensa num prédio bonito...


NO CENTRO HISTORICO (HERITAGE)

ENTRADA

BAZAR INDIANO


ARTE ARABE-ISLAMICA

LADO DE FORA DO MUSEU


HABIBI DE MODELO :D





MAQUETE DA CIDADE DE SHARJAH

ENTALHES

E DETALHES

O EDIFICIO ATRAS FAZENDO CONTRASTE COM O ESTILO HISTORICO...PEQUENO DETALHE


UMA VISAO GERAL DO PATIO DA VILA...PESSOAS TRANSITAM NORMALMENTE


AS TENDAS DE PALHA USADAS NO DESERTO...

RUELAS ESTREITAS NO ESTILO ÁRABE PARA CANALIZAR O VENTO FRESCO E MANTER SOMBRA

OS ENTALHES

O FUNDADOR DE SHARJAH SHEIKH ZAYED BIN SULTAN AL NAHYAN









ACHO QUE VI UM GATINHO...




Se você quer estudar árabe e não tem achado lugar, professor, tempo ou dinheiro, use meu site onde eu coloco todo material que uso, gratuitamente. Acesse: www.arabeegipcio.com
 kul sana wentu taybin 2013!!! - Feliz Ano Novo 2013!!

maa salama

Criss Freitas - Hima Adel



DESTAQUE

Brasileiras e Egipcio, verdades e mentiras no amor virtual

Ultimamente tenho recebido emails e falado com muitas pessoas que se relacionam pela internet. Geralmente são brasileiras com estrange...